Blog

Qual seu propósito e qual seu caminho?

05 de outubro de 2017
Terapia, Veterinário, Cães, Vets4Vet, qualseuproposito, caminhada
52 visualiações
0 curtidas
Publicado por Leandro Romano
Será que nosso padrão mental interfere em nossas decisões e sobre o caminho que percorremos?

Caros amigos, venho pensando em um assunto que está me tirando o sono. Trata-se de Propósito e sobre o caminho que percorremos em busca de... 

Após diversas noites em claro, dormindo muito pouco, acordando no meio da noite com a cabeça "a mil" e acometido por uma estafa mental em função destes pensamentos, resolví dividir meu ponto de vista e espero que ajude a você caro leitor.

Hoje em dia, depois de 20 anos de Jiu Jitsu e 15 de Veterinária já não sei o que é mais importante em minha vida, o fato é que desestresso na luta e sobrevivo da Veterinária, sinceramente venho repensando esse caminho e isso também me tira o sono, mas essa é outra história.

Vou tentar uma analogia para esclarecer meus pensamentos e que talvez faça sentido pra você, vamos lá...

Poderia ser sobre um faixa branca com um propósito de chegar a faixa preta e seu caminho, mas acredito que ficará mais simples se tratarmos sobre você e seu melhor amigo "seu Cão".

Assistí um filme chamado "A DOG'S PROPOUSE" que tem como personagem principal um cão que só tem um propósito, ser o melhor amigo de seu dono. Acontece que cães vivem menos que nós humanos e esse cão morre e reencarna novamente diversas e diversas vezes em outros corpos de outros cães....um filme nada triste e muito bacana que recomendo.

https://youtu.be/1jLOOCADTGs

O propósito deste querido cão é ser o melhor cão possível para seu dono, independentemente de qual seja esse dono e em qual corpo ele esteja. É o padrão mental...inabalável....é disso que vamos tratar aqui.

Imagine que você tem um cão e o fato de tê-lo acarreta diversas responsabilidades e prazeres. Referente às responsabilidades, podemos citar a necessidade de prover alimento, abrigo, atendimento veterinário, carinho dentre outras coisas e relacionado aos prazeres podemos citar o amor incondicional, o companheirismo, a fidelidade, a melhor amizade, etc.... 

Vamos focar nossa analogia nos passeios diários que seu melhor amigo precisa para ter uma vida saudavel e feliz. 

Conforme sabemos, um cão precisa passear, ver o meio externo ao seu, descobrir outros locais, cheiros e outros semelhantes, sendo assim, como bom "pai" você deve levar seu cachorro para passear. Suponhamos que você saiu com ele e neste passeio, seu objetivo é ir a um parque ao redor da região onde você reside, que fica a apenas algumas quadras num percurso que, sem pressa e desacompanhado você levaria 15 minutos para completar.

Resumindo, você tem um propósito (que é conduzir seu cão a um lugar melhor) e você tem a caminhada (que é o processo para chegar lá)

Pois bem, ter um propósito significa ter um objetivo maior do que você ou seu ego, significa fazer parte de algo, significa pertencimento. Todos temos que ter um propósito que nos mova, o que nos motive, que nos mantenha no caminho.

Então, qual o seu PROPÓSITO?

Voltando a nossa história,  seu cachorro é muito ativo, brincalhão, dócil e curioso e durante o passeio ele acaba percebendo que tudo é novidade e que cada lugar novo que ele encontra é um lugar de novas descobertas, ou seja, um lugar diferente da casa onde ele passa a maior parte do seu tempo confinado.

A cada moita, árvore, pneu de carro que ele fareja, ele marca território para que seus semelhantes saibam que ele pertence àquele lugar, e o seu cão gosta tanto que decide que não quer mais ir a lugar algum. Existe uma tendência de que ele queira ficar somente ali, uma vez que ele já marcou território e ali já lhe pertence.

Considere isso como sendo sua zona de conforto. Inconscientemente tendemos a ficar em nossa zona de conforto, uma vez que ja conquistamos e marcamos aquela posição, por mais que tenhamos que marcar diariamente. Este local já nos pertence e é confortável.

Voltando a nossa história, você tem o objetivo de levá-lo ao parque mas ele não quer se mover porque já marcou o território e ali está confortável para ele, mesmo assim você tenta o arrastá-lo pois sabe que na praça tem um ambiente muito melhor. Ele não sabe disso e quer ficar ali, então começam os problemas uma vez que vocês começam uma disputa com você tentando levá-lo e ele resistindo querendo ficar. Aquela caminhada que deveria durar 15 minutos, demora horas....... O caminho passa a ser sofrido e nem você nem o seu cachorro desfrutam.

Agora extrapolemos para nossa vida cotidiana, para nossa realidade.

Durante diversos momentos a vida tenta nos levar para caminhos que não sabemos onde é e nem o que vai acontecer ao chegarmos lá. Coloque-se no lugar de seu cachorro, a tendenência é ficar na zona de conforto onde é conhecido e já marcamos nosso território.

Comparando essa nova analogia com a anterior, A VIDA é você e agora VOCÊ é o cachorro.

A vida quer tenta te conduzir por uma caminhada e você resiste. As oportunidades passam em sua frente e você não aproveita, ou por medo de errar ou pelo simples fato de que evitamos o desconhecido...ficar onde se está é mais seguro e confortável. Mesmo dando voltas no lugar você faz um monte de coisas, trabalha duro diariamente, cuida da sua família e quando dá tempo você se diverte no mesmo "parque" que você já está acostumado.

"Como obeter resultados diferentes fazendo sempre a mesma coisa?" Parece loucura, mas é exatamente isso que a gente faz diariamente.

Mas a vida continua incessantemente te dando oportunidades e você não às aproveita, mas ela continua pois sabe que tem um lugar onde você vai se divertir mais (assim como você sabia que a praça era um lugar melhor para seu cão). Você não conhece esse lugar, e por isso acha que ali onde você está é o melhor lugar para estar. Você resiste, ledo engano!

"Aprendí que não existem oportunidades perdidas e se você não aproveitar, ALGUEM VAI !"

Até quando você vai deixar os outros agarrarem as oportunidades que eram para ser suas? A vida quer te levar lá, o universo conspira sempre ao nosso favor. Entre em sintonia com o seu universo....a caminhada será certamente mais prazerosa.

Nestas minhas divagações noturnas, pensei em várias oportunidades que perdí e venho perdendo. Acabei percebendo que só o que existe é a caminhada. Desfrute do seu caminho, aproveite cada momento...se liberte e pense:

A qual pneu, árvore ou praça você está apegado? 

"Não é sobre chegar no topo do mundo e saber que venceu
É sobre escalar e sentir que o caminho te fortaleceu"

ANA VLILELA - TREM BALA

Assim como o cão do nosso filme "A dog's propouse"..........Simplesmente caminhe...seja necessário, tenha um propósito!

Abraço forte

Romano

 

Compartilhar