Blog

A Veterinária precisa se render à tecnologia

03 de maio de 2016
Telemedicina, Vets4Vet
219 visualiações
1 curtida
Publicado por Leandro Romano

O mundo vive a era digital e a tecnologia faz parte do dia a dia das pessoas e profissionais das mais diversas áreas.

Uma vez que você está dedicando parte do seu precioso tempo para ler este artigo, gostaria que fizesse uma reflexão no seguinte sentido: Quais recursos tecnológicos influenciam na sua relação diária com seus colegas de profissão?

Com o intuito de simplificar a nossa vida , utilizamos tablets, smartphones, notebooks e inúmeros aplicativos com seus pacotes de facilidades para otimizar nosso dia de trabalho, por exemplo ao resolver uma pendência através de um aplicativo de agenda compartilhada na nuvem durante sua locomoção entre um local e outro, no trânsito.

Atualmente, podemos procurar um perfil de um possível parceiro de negócios no Linkedin, acompanhar algo referente uma especialidade qualquer ao ler um post sobre um caso de um colega no Facebook, podemos seguir as fotos de um veterinário no Instagram, assistir a um vídeo de um atendimento por Snapchat, marcar uma consulta ou sanar uma dúvida com um colega via WhatsApp por exemplo, ou pior e muito preocupante, podemos perguntar sobre uma dúvida de um caso importante ao Dr Google kkkkkk.

Devemos tomar cuidado com a veracidade das informações que encontramos disponíveis na Net, entretanto virar as costas para esta tecnologia é um pouco descabido, na minha opinião.

Porque na Veterinária encontramos tanta resistência em utilizar a tecnologia em nosso favor? Medo da mudança? Receio em alterar o que vem "funcionando" de certa forma?

Coloco a palavra funcionando entre aspas, pois se desconhecemos os benefícios que a tecnologia pode nos trazer, como podemos saber se ela funcionará melhor ou pior para aquilo que estamos fazendo atualmente? Pode ser que uma solução para um problema que você sofre a anos está sendo utilizado pelo seu colega da clínica ao lado ou do hospital da esquina que tem maior movimento que você, e se você é o que tem mais movimento na região, será que não é possível otimizar seus processos através dos novos recursos tecnológicos que estão sendo desenvolvidos para a Veterinária? 

Isso mesmo, recursos tecnológicos estão sendo desenvolvidos para a Veterinária, agora neste exato momento algo novo está surgindo, algo melhor e mais prático está nascendo, algo que mudará nossa forma de nos relacionarmos uns com os outros. A crise nos obriga a repensar e encontrar novas soluções para problemas antigos com menor gasto financeiro, de pessoal e de tempo, sendo assim, você tem duas opções: Embarcar no novo, se beneficiar da tecnologia e acompanhar a evolução dos novos meios de se comunicar ou ficar ancorado no antigo.

Não se trata de modificar a forma antiga de se fazer Medicina Veterinária mas sim de utilizar a tecnologia e os recursos que ela proporciona para melhorar nossos processos.

A tecnologia, a inovação e a democracia digital, que nada mais é que permitir que a tecnologia chegue ao maior número possível de pessoas facilitando suas vidas, já demonstrou seu poder disruptivo em diversas áreas de atividade, como os mercados de mídia, marketing e serviços, basta pensar sobre a forma como pedimos comida ou um taxi atualmente, por exemplo..... e um setor que está sofrendo uma revolução tecnológica enorme é o da Medicina Veterinária.

Posso citar diversos exemplos para vocês de iniciativas isoladas que tem o objetivo de resolver um problema específico com uma solução digital na Veterinária; Por exemplo a InPulse que proporciona soluções em Cardiologia, a ImagemVet que oferece respaldo técnico em Radiologia ou mais abrangente e audaciosa, a VETS4VET que se propõe a criar uma comunidade exclusiva para médicos veterinários acreditando na medicina veterinária colaborativa, baseada na troca de experiências entre especialistas e generalistas através da tecnologia e presença digital, ou seja, unir todas as especialidades utilizando a telemedicina.

Assim, inúmeras soluções vem sendo criadas num caminho que não tem volta, este é o futuro da interrelação entre colegas na Medicina Veterinária não tenha dúvida.

Pensando no Brasil, um país de proporção continental e com o maior número de escolas de Veterinária do Mundo, com seus mais de 110.000 mil veterinários registrados e onde são lançados ao mercado anualmente 6000 novos colegas, muitas vezes mal formados, que se instalam nos locais mais distantes destes quatro cantos do país e que encontram dificuldade em atualizar-se de forma adequada, a Telemedicina se mostra como a solução mais adequada, fácil, rápida e atual para suprir as necessidades de atualização destes colegas.

Moveremos a informação não os médicos ou pacientes - VETS4VET

Uma vez que entendemos que a tecnologia é um bem sem fronteiras e que é possível melhorar a qualidade técnica dos colegas em seus atendimentos no dia a dia através de uma acessoria remota entre especialistas e clínicos gerais em tempo real onde quer que eles estejam, a distância deixa de ser um fator limitante e a Telemedicina começa a fazer sentido.

Novas iniciativas dever surgir e cabe a nós embarcarmos no novo ou ficarmos ancorados no passado!  

REFLITAMOS TODOS......

Romano, Leandro - Vets4Vet

Compartilhar